Blog Della

An artistic blog

São Bernardo do Campo, SP, Brasil

Ideias para trabalhar a cultura indigena em sala de aula


Antes de mais nada, entendamos a data:
Para entendermos a data, devemos voltar para 1940. Neste ano, foi realizado no México, o Primeiro Congresso Indigenista Interamericano. Além de contar com a participação de diversas autoridades governamentais dos países da América, vários líderes indígenas deste continente foram convidados para participarem das reuniões e decisões. Porém, os índios não compareceram nos primeiros dias do evento, pois estavam preocupados e temerosos. Este comportamento era compreensível, pois os índios há séculos estavam sendo perseguidos, agredidos e dizimados pelos “homens brancos”.
No entanto, após algumas reuniões e reflexões, diversos líderes indígenas resolveram participar, após entenderem a importância daquele momento histórico. Esta participação ocorreu no dia 19 de abril, que depois foi escolhido, no continente americano, como o Dia do Índio.

No Brasil a data foi decretada no ano de 1943 pelo governo do Getúlio Vargas.

Qual a importância do índio em nossa cultura?
   Devemos nos lembrar que bem antes da colonização portuguesa em nosso país, esses povos já estavam aqui, ainda hoje temos grandes influências de seus costumes mas infelizmente muita coisa foi alterada na colonização, portugueses catequizaram os índios (e esse foi um fator importante para a história do teatro brasileiro) e foram aos poucos inserindo a cultura europeia em nosso país.
  Até hoje existe uma grande luta pelas terras indígenas, "graças" a urbanização muitos desses índios perderam e estão perdendo suas terras e essa é uma discussão que reacendeu durante as eleições e alguns depoimentos do atual presidente do país.
   Existem hoje várias aldeias que tentam sobreviver e para sobreviverem tiveram que readaptar seu modo de vida, aprenderem português, iniciarem seus estudos acadêmicos e inseriram o uso da tecnologia em sua rotina. Muitas dessas aldeias também realizam cursos e vivências para que possamos passar pela experiência e conhecer um pouco mais de sua cultura.

O que eu aconselho antes de definir sua aula:
   Realizar uma pesquisa na sua região para ver se existe alguma aldeia/tribo por perto, pesquise seu idioma e sua cultura. Converse para ver se existe a possibilidade de alguma vivência com os alunos ou se você pode participar de alguma vivência, disso, poderá pensar em uma aula que envolva o que você aprendeu e trazer para a sala de aula a cultura e costumes dos índios da região que seus alunos estão. Lembrando-os sempre que aquela realidade, aquele tipo de pintura etc são de tal aldeia e existe uma linda pluralidade de costumes e aldeias em todo o país.
   Também recomendo que pesquise os museus e centros culturais na sua cidade, aqui em São Bernardo por exemplo, além do Parque Chácara Silvestre ter uma exposição magnifica este mês, eles também tem momentos de contação de história e haverá uma feira indígena nos dias 27 e 28. Perfeito para um dia diferente com as turmas ou um dia para você aprender e coletar informações para elaborar sua aula, usufrua das coisas que tem na sua cidade, isso faz com que o aluno sinta-se cada vez mais próximo de sua cidade e aprenda a usufruir desses espaços públicos também.
   Conhecendo as aldeias e tribos você pode realizar inclusive a arrecadação de alimentos e roupas (verificar o que a aldeia esta precisando), mobilizando toda a escola para a atividade.

     Definindo a tribo, vou sugerir algumas atividades que podem ser adaptadas aos costumes e tradições da etnia escolhida e sempre contextualizadas para que não caia em mais estereótipos.


  • Contação de histórias;
  • Inserir na rotina canticas;
  • Apresenta-los a músicas indígenas (Conheça a Rádio Yandê);
  • Pinturas faciais e corporais (analisando o significado das cores e tipos de traços);
  • Dia na cozinha: experimentem comidas tipicas (talbolo, tapioca, milho etc);
  • Filmes e documentários;
  • Fale sobre as reivindicações dos indígenas (você pode propor que eles criem cenas curtas, fotografias, poesias e videos curtos sobre os temas);
  • Aulas com cerâmicas;
  • Produção de arte que tenha relação com a tribo que pesquisou (exemplo, algumas tribos fazem a pintura de azulejos, costura, colares)
  • Alguns movimentos/danças;
  • Propor que os próprios alunos pesquise sobre diferentes etnias e tribos e apresentem algo (eles podem fazer os tradicionais seminários, ou, cada semana um grupo traz uma proposta de vivência ou alguma peça criada por eles mesmos pensando nas etnias que pesquisaram);

Tem outra sugestão? Compartilhe nos comentários!


Comentários

back to top