Blog Della

An artistic blog

O envelhecimento e o empreendedorismo feminino, duas palestras na Biblioteca Monteiro Lobato

 Vocês já sabem que eu sou a doida das coisas grátis e sabem também que sou moradora de São Bernardo do Campo, agora pensem quando descobri que em um único dia poderia aprender tantas coisas gratuitamente no dia em que eu normalmente frequento a Biblioteca Monteiro Lobato? É muita felicidade! Me inscrevi em todos os cursos e levei minha mãe junto.
   Acontece que essas duas vivendo como se nada tivessem para fazer, nos esquecemos de que as sextas eu também tomo vacina e já estava passando da hora de eu ir tomar. Saímos correndo e perdemos as primeiras atividades, chegamos já próximo do final mas a tempo de assistirmos a palestra  sobre envelhecimento "Que Venham os Anos", com Cláudia Becker, ao show musical e a  palestra sobre empreendedorismo feminino "Mulheres que Fazem e Acontecem", com Sara Valentim (que era o mais esperado visto que minha mãe é uma empreendedora).

Envelhecimento: Que venham os anos com Cláudia Becker

     O post que citei esse evento foi o Atividades de Março gratuitas em São Bernardo do Campo e já está se tornando a segunda postagem mais lida da semana porém ao chegar no local foram poucos os lugares preenchidos, era triste. E como sempre, a terceira idade marcando presença do inicio ao fim. Ok, a primeira palestra faz sentido, mas sobre empreendimento acho que se vi duas ou três mulheres (contando comigo) menores de 30 anos foi muito.
    Para realizar esse post precisei da minha mãe ao lado, não anotei nada e minha memória é péssima. Um dos fatores que mais gostei da primeira palestra foi ela ter falado sobre feminismo, BRINCADEIRA, foi ela ter tratado da "velhice" de forma tão leve e cheia de informação realmente relevante e pesquisas que de fato nos fazem refletir, as mulheres gargalhavam.
   Algo que me tranquilizou e abre minha mente foi quando chegamos ao ponto da libertação. A mulher mais velha vai se libertando de certas coisas e inseguranças, a opinião do outro já não interessa mais e o seu bem estar começa a surgir, isso me trouxe um "AMADUREÇA BRUNA" muito grande, porque em diversos momentos deixei de fazer algo que eu queria simplesmente por pensar em como seria vista, e assim, já deixei de fazer várias coisas e/ou comecei a fazer outras que não queria no blog porque sabia que era fora da casinha E não chamaria tanta atenção, estou tomando várias decisões sobre minha vida e ter participado dessa discussão com todas presentes acalmou meu coração e me fez ligar o FODASE bem bonito.
   Eu sei que é um assunto clichê, mas conforme não vamos apertando o botão "foda-se", parece que nos distanciamos dele e nos aproximamos das inseguranças. Eu percebo quando estou assim quando minha garganta começa a doer e eu começo a me estressar com tudo, se estou estressada é porque algo me incomoda e se algo está me incomodando é porque eu não estou lidando com esse algo da maneira correta e as vezes a maneira correta de lidar com esse incomodo é dizer "foda-se". Eu não sei se fico orgulhosa ou não de ter usado tantos 'foda-se' em um paragrafo, mas foda-se.
   Também conversamos sobre a viuvez e o quanto isso talvez possa significar uma libertação, nos apresentou a história de uma das mulheres que fazem parte do documentário "Envelhescência" e ela é de Santo André.
   Ela indicou algumas coisas para assistirmos, são elas: Elsa & Fred, Gracie and Frankie, Iris e Envelhescência. O ultimo está disponível no Youtube e coloquei aqui no post para facilitar sua vida:

Empreendedorismo: "Mulheres que Fazem e Acontecem", com Sara Valentim

    Entre uma palestra e outra assistimos um show com uma mulher que não sei o nome, não anotei o nome mas ela arrasa tanto que os 30minutos que ela esteve presente foram os 30minutos em que a sala estava lotada, inclusive com a presença do Secretário da Cultura, que assistiu ao show dela e foi embora, como todos os outros.
   A sala novamente volta a ficar vazia, mas neste momento lembro de ter visto outra moça mais ou menos da minha idade chegando e alguns homens também estava presentes (outro ponto que conversamos na palestra sobre o envelhecimento, os homens envelhecem menos porque morrem antes, pois a procura e interesse por esses assuntos e pela própria saúde muitas vezes não passa perto da cabeça deles, felizmente, algo que está mudando).
   A palestra sobre empreendedorismo com a Sara Valentim também trouxe alguns dados interessantes sobre sexismo, diferenças de salários e foi lindo, pois a palestrante deu a possibilidade das mulheres usarem o microfone para terem voz, sem julgamentos, ficava arrepiada, inclusive arrepiada e orgulhosa pois foi a primeira vez que vi minha mãe com um microfone em frente a pessoas desconhecidas falando sobre seu negócio, meu momento ITI MALIA, agradeço a palestrante por ter ouvido ela e dado a possibilidade dela falar, tenho certeza que foi um empurrão ótimo para ela.
  Nos apresentou alguns cases de mulheres que resolveram empreender e hoje se tornaram grandes empreendedoras, destacou sobre a personalização e o inovar, como eu posso inovar no mercado e me tornar única? Mencionou também sobre a dificuldade da mulher em conseguir empréstimos, emprego e como são colocadas no mercado.
    Também outro gás e outro tapa na minha cara, saí com a vontade de chegar em casa e empreender, em tirar as minhas ideias do papel e parar de ser louca, FAZER. Felizmente isso é algo que está acontecendo esse ano, mas existem outras coisinhas que sei que poderiam me ajudar e eu acabo deixando de lado por outras.

   Acho que a meta da minha vida este ano é reforçar a ideia de: olhe para o que sua cidade te oferece e não perca essas oportunidades. Muitas vezes procuramos tão longe algo que ela pode nos oferecer, neste dia rolou ainda oficina de Auto maquiagem, show de coral, oficina de Yoga, palestra sobre as jornadas de trabalho e as atividades tiveram diferentes horários, ocupemos os espaços públicos de nossa cidade e se não tiver nada, exija que tenha, dialogue com os políticos, órgãos públicos e centros culturais para que tenham acesso a todas essas coisas, e se conseguirem, apareçam, utilizem e não deixem de lado algo que é tão bom.

   Quer receber uma agenda cultural de eventos gratuitos em São Paulo e no Grande ABC? Cadastre-se, faça parte do elenco e receba em seu e-mail essas e outras informações.




* indicates required



/

( dd / mm )
Interesses



Comentários

back to top