Blog Della

An artistic blog

Obras que aproximam a cidade

    Estamos vivendo em um automático que muitas vezes nos distancia de sonhos, possibilidades e das pessoas. Estou atualmente um pouco fissurada em obras e artistas que propõe um novo olhar sobre a cidade, nos tirando desse automático e nos propondo pensar uma nova cidade, uma nova rua, uma nova realidade. Com essa fissura, acabei tendo contato com diversas obras que não podem ficar guardadas em minha mente, é preciso compartilhar. Hoje, compartilho apenas três delas, deixando a todos com sede de mais possibilidades para nossa cidade, que é como eu fico. São obras que aproximam a cidade, aproximam a cidade de nossos sonhos, aproximam a cidade do ser humano, da arte e nos aproximam da própria cidade.


Liberte seus sonhos - Gabriela Valente Feliz - Lapa


      A artista Gabriela Valente Feliz motivada pela artista Candy Chang e um projeto Befor I Die, criou o "Liberte seus sonhos", moradora da Lapa, motivada pela arte e pela vontade de trazer melhoria ao bairro conversou com o síndico e o dono do muro do prédio ao lado que estava prestes a passar por reforma. A Intervenção urbana relacional convida a comunidade a compartilhar seus sonhos, desautomatizando suas rotinas e propondo uma nova relação com o espaço.
     Na página do Liberte seus sonhos, também é possível ver que eles realizam vários encontros em espaços da cidade para dialogarem e criarem ainda em cima do tema.
    Veja abaixo o vídeo sobre a obra:


Luz nas Vielas - Coletivo Boa Mistura - Brasilândia

     O Coletivo Boa Mistura é constituído de cinco artistas espanhóis, nascido em 2001. Eles entendem o trabalho deles como uma possibilidade de transformar as ruas, criando laços entre as pessoas. Já realizaram trabalhos em diversos lugares como Chile, Kenia, Noruega, Reino Unido, Serbia, China, África do Sul e Brasil.
   No Brasil realizaram o trabalho "Luz nas Vielas", onde em conversa com os moradores as palavras  amor, beleza, firmeza, orgulho, beleza e doçura foram escolhidas, e ainda com a ajuda dos moradores, que tornam-se artistas, reuniram o material e iniciaram a pintura dos espaços. As palavras Poesia e Magia foram adicionadas em 2017.
   Usando a técnica de anamorfose: que, quando observada frontalmente, parece distorcida ou mesmo irreconhecível, tornando-se legível quando vista de um determinado ângulo, a certa distância, ou ainda com o uso de lentes especiais ou de um espelho curvo.

Lotes Vagos



 Pode-se imaginar uma cidade cujos lotes vagos sejam usados como espaços públicos provisórios, gerando dinâmicas urbanas alternadas e sucessivas? Lotes com vacas, com hortas, com piscinas portáteis, com salas de estar, com campos floridos para piquenique, com capinzais e árvores frondosas, com altar para casamentos; espaços para descanso, leitura, festas, jogos, observação dos astros e dos ciclos vegetais e dos pássaros urbanos. Prazer e produção. Os lotes vagos são pequenos campos (cercados ou abertos) que possibilitam produzir e viver numa esfera distinta da especulação, do planejamento urbano regulatório e da hegemonia de construções e rotinas.

   O projeto Lotes Vagos: Ocupações Experimentais foi realizado em Belo Horizonte e Fortaleza de 2005 à 2008 e nos propõe a pensar o espaço, com espaços vazios que nossos olhos já estão acostumados a vê-los inúteis, nossos corpos já estão acostumados a não explora-los, já pensou se esses espaços fossem ocupados de forma que colaborassem com nossa rotina? A proposta é exatamente pensar e até colocar algumas das ideias em prática.
     Artistas e arquitetos participantes: Ana Paula Baltazar, Breno da Silva, Carolina Junqueira, Cinthia Marcelle, Fabíola Tasca, Grupo MOM, Hélio Passos, Ines Linke, Laís Myrrha, Louise Ganz, Marilá Dardot, Melissa Mendes, Rodrigo Borges, Rita Velloso, Ronaldo Macedo, Sara Ramo, Silke Kapp.

    No site da artista é possível ter contato com 16 lotes que foram ativados temporariamente com a ajuda dos passantes. Os que mais me chamaram atenção e é os das fotos são: Lote 6: Cabeleireiro, que ocorreu um dia de spa, Lote 7: Exibição de filme, algumas salas de estar para assistirem TV e o Lote 8: Topografia, onde fizeram a limpeza do lote e construíram pequenas ondulações topográficas na terra onde foram adaptados colchões.

 Conseguiram pensar em algum espaço na sua cidade que poderia ser ressignificado? Comente!

Faça parte da turma!


Curta nossa página no Facebook e Instagram!

Comentários

  1. que incrível! eu acho que a função da arte é bastante essa... aproximação, da sociedade, da natureza, da nossa história.. enfim.. adorei

    bjs
    www.blogmodelando.com

    ResponderExcluir

Postar um comentário

back to top