dicas

Férias em São Bernardo do Campo: 4 dias para conhecer mais da cidade

novembro 27, 2018

    As férias chegando, você sem dinheiro para viajar mas agoniado querendo fazer algo de interessante com o seu tempo livre. Se você é de São Paulo e não conhece o ABC, farei uma série de posts para apresentar lugares que são super interessantes e turísticos por aqui. Iniciaremos apresentando lugares que você precisa conhecer em São Bernardo do Campo (e que as vezes nem os próprios moradores frequentam ou conhecem). Em um misto de parques, teatro e lugares que são históricos (e não sabemos), o post é perfeito para quem tem pouco dinheiro até para curtir as férias em casa.

Chácara Silvestre

Formação de educadores da ONG Instituto Cativar sobre a CNV - Cultura da Não Violência com o Ricardo, fotos da Mel Zabunov.


    Dou destaque a Chácara Silvestre porque é muito mais que um parque, quando você adentra o espaço enorme com  dois playgrounds, espaço de convivência, pista de caminhada, arena coberta, área de alongamento e ginástica, ciclovia e academia para a terceira idade você pensa: Nada além de um parque. Mas então, você percebe a presença de uma casa linda, tipica dos livros de história, você adentra essa casa e fica chocado ao descobrir que o casarão foi construído na década de 1930 pelo primeiro prefeito da cidade no período pós Estado Novo da Ditadura de Getúlio Vargas: Wallace Simonsen. Segundo o blog do Tarcicio Secoli:

"Simonsen era banqueiro e empresário influente na cidade. Ele liderou o movimento de autonomista da cidade, mas governou São Bernardo por apenas dois anos, até 1947. O casarão da chácara foi construído em 1930 e é um dos ícones dos bens culturais da cidade. O espaço foi tombado em 1987, junto ao Conselho do Patrimônio Histórico e Cultural de São Bernardo, e sua área repassada ao município por conta de sua importância arquitetônica, da elite dos anos de 1930 – de grande influência europeia."

   O casarão além de ter toda uma carga histórica de extrema importância para conhecermos a história de nossa cidade São Bernardo do Campo, também abriga o Centro de Referência das Culturas Populares Tradicionais e o Núcleo de Acervo Bibliográfico, Documental e Museológico. Para fazer a visitação com um guia, é preciso agendar com antecedência pelo telefone 4337-7363 ou cultura.popular@saobernardo.sp.gov.br. 
Formação de educadores da ONG Instituto Cativar sobre a CNV - Cultura da Não Violência com o Ricardofotos da Mel Zabunov.
    A entrada é gratuita.
    O espaço é tão bacana que a ONG Instituto Cativar fez formação da CNV - Cultura da Não Violência com o Ricardo dentro do casarão: que energia maravilhosa! As fotos são desse dia e tiradas pela Mel Zabunov.


Cidade das Crianças

    O Parque de diversão não é apenas um patrimônio de São Bernardo, mas sim um lugar que deve ser contemplado por todo Brasileiro pois foi o primeiro parque temático do Brasil. A Cidade foi construída em 1968, a partir dos cenários utilizados para a gravação da novela Redenção, da extinta TV Excelsior. Inaugurada em 10 de Outubro daquele mesmo ano. Em 1970 foi reformado e reinaugurado.
    Existem alguns brinquedos que são os mais conhecidos e fizeram a identidade do parque que são: avião DC-3, Trenó Aquático, Minirregião Amazônica e o Miniteleférico, todos atrações daquela época que ainda podem ser conferidos hoje.
    Para adentrar a Cidade das Crianças em São Bernardo do Campo, não é preciso pagar nada. Mas para aproveitar as atrações e brinquedos é preciso sim retirar seu passaporte/ingresso na entrada da Cidade. Escrevendo esse post tive que passar por algumas atrações e conferir de perto, percebi que da época que fui visitar para agora (2018) existem muito mais atrações e que são interessantes não apenas para crianças mas para os adultos também, inclusive com fazendinha e tudo.
    Pelo que vi no site da Cidade, existe um passaporte único (Em novembro/2018 estava R$70,00) que possibilitava sua entrada em todas as atrações com exceção do Submarino, Trenó Aquático, Fazendinha e Vale dos Dinossauros. Pessoalmente eles não aceitam cartão de crédito.
    Para mais informações acesse o site da Cidade das Crianças.


Parque Raphael Lazzuri

    Se você esta em busca de caminhar, curtir a natureza ou fazer algo com seus primos menores que não tem onde gastar a energia e ficam te cutucando o dia inteiro no sofá. Este lugar é perfeito: todas as vezes que passei por lá pude ver policiais rondando, pessoas muito educadas e crianças saindo cansadas e felizes.
   Além de ter pista de caminhada, parques e uma arena sempre tem atrações culturais e aulas de alongamento, yoga etc acontecendo. O Shopping Golden Square é perto do parque, mas dentro do Raphael Lazzuri existe uma lanchonete (muito cara, não acho que compensa comer por lá). No site Áreas Verdes da Cidade contam que:

"O Parque foi construído em uma área onde funcionava a Seção de Parques e Jardins e viveiro de plantas da prefeitura do município, situado em um dos bairros centrais e nobres da cidade. (...) O parque foi projetado pelo Arquiteto Jurandir Prestes Junior, que foi responsável pelo planejamento e acompanhamento da execução da obra, e foi determinando “in loco” como e onde deveriam ser executadas as pistas, demais instalações e paisagismo, declarando que não houve um projeto detalhado que sucedeu a implantação. (...) O Parque Cidade de São Bernardo recebeu a denominação de Raphael Lazzuri que teve o nome definido pela lei 5.501/06 de autoria do executivo. Raphael e seu irmão Paolo contribuíram para o desenvolvimento da cidade, pois valorizaram a terra, geraram riqueza e empregos, além disso, deixaram um grande legado de respeito ao próximo."

    O site também conta que o Raphael Lazzuri tinha uma fazenda no Bairro do Alvarenga, pertinho de mim. E ele era defensor do meio ambiente e colaborava de várias formas para o crescimento da cidade. Os muros ao redor do parque foram feitos por Luis M. Sarasá, um artista que reside na Paulicéia e é especialista em restauração, hoje responsável pelas principais obras do Patrimônio.
    A entrada para o parque é gratuita e aceitam a entrada de animais (me refiro aos cachorros e não aos primos pequenos que te irritam).

Estoril

    Um espaço extremamente necessário na cidade pela sua educação ambiental e objetivo. O Estoril objetiva a preservação de fauna e flora da Mata Atlântica, proteção do manancial, educação ambiental, ecoturismo e a valorização do conhecimento ecológico local.

"Primeira unidade de conservação une Mata Atlântica, Represa Billings, fauna silvestre, e abriga o Zoológico Municipal e a Escola Livre de Sustentabilidade.  Conta com teleférico, pedalinho, stand up paddle e caiaques, trilhas para caminhada, viveiro escola, jardim sensorial, área de piquenique, área de banho, estacionamento, lanchonetes, museu de arte ao ar livre e são frequentes as atividades de educação ambiental. São oferecidas visitas monitoradas para escolas e grupos (agendamento pelo telefone 4367-6463)."

    Inaugurado em Maio de 1955, tem uma área de 373 mil m² sendo que 90% de tudo isso é área de Mata Atlântica preservada. Também abriga um zoológico om aproximadamente 250 animais de 70 espécies, dentre répteis, aves e mamíferos, muitas delas ameaçadas de extinção.
    Para curtir essa atração é importante que saibam que a entrada é paga (Novembro/2018 a entrada custa R$3,00) e também tem o custo do estacionamento. Segundo o site da Prefeitura de São Bernardo do Campo em Novembro/2018, as atrações e preços são:


  • Teleférico - Em manutenção.
  • Pedalinhos – R$ 20,00 por 20 minutos 2 adultos e 1 crianças
  • Pedalão – R$ 40,00 por 20 minutos 4 adultos e 2 crianças
  • StandUp – R$ 50,00 por hora de passeio
  • Caiaque – R$ 15,00 por 40 minutos de passeio  
  • Zoológico – não paga - grátis
  • Alimentação –  quiosques e barracas de alimentação


Pinacoteca

    Todas as vezes que fui para a Pinacoteca, era eu, os funcionários e um ou dois grupos de pessoas (grupos de no máximo 4 pessoas). Um aperto no meu coração de artista enorme. A Pinacoteca é um importante lugar da cidade, com um acervo que começou a ser formado no final dos anos 1960 e pouco conhecido ou visitado, também abrange diversos cursos super interessantes com certificação. Fiz um curso de Contação de História que me ajuda durante as aulas até hoje. Segundo o site da Prefeitura:

"A Pinacoteca é o maior espaço de exposição permanente de arte moderna e contemporânea da região do ABC, com quatro espaços expositivos, auditório, biblioteca de arte e um jardim de esculturas. Suas atividades estarão intimamente associadas às ações do novo Centro Livre de Artes Visuais que funcionará em edifício anexo. Além da difusão de seu importante acervo que inclui uma coleção de arte popular e outra de artistas do ABC, a Pinacoteca está preparada para ser um local de promoção de projetos multidisciplinares que relacionem as artes visuais com as artes audiovisuais, a música ou a poesia, por exemplo, favorecendo a pesquisa, a inovação, a experimentação e o desenvolvimento da criação sem fronteiras."

Para saber sobre os cursos, exposições e eventos na Pinacoteca basta ficar de olho no Guia da Cidade (online e distribuído pela cidade). É um espaço tão importante para a formação do senso critico dos moradores que segundo o site Turismo São Bernardo:

"Foi inaugurado há 29 anos com a missão de divulgar e estudar a arte moderna e contemporânea por meio da apresentação permanente de obras de seu acervo e da organização de exposições temporárias e, simultaneamente, captar e formar público para uma educação crítica do olhar em uma época saturada de imagens."

Roteiros para não se cansar e aproveitar quatro dias em São Bernardo do Campo:


  • Um dia para visitar a Cidade das Crianças e já se estender para visitar a Pinacoteca (tendo em vista que um é colado no outro);
  • Um dia para visitar o Parque Raphael Lazzuri e já conhecer o Shopping Golden Square, já assistir um filme ou um jogo no Poliesportivo OU caso todos forem maiores de idade, já ficarem para curtir a noite em um dos bares da Av. Kennedy;
  • Um dia apenas para a visitação do Estoril e a noite inteira para você se recuperar do cansaço;
  • Uma tarde para fazer a visitação guiada da Chácara Silvestre seguido de um picnic delicioso em família.
Fala sério, você não esperava que passar uma semana em São Bernardo pudesse ser tão interessante culturalmente, ambientalmente e tão divertido né?! 

Agora me contem: Qual atração achou mais interessante? Me recomendam outro lugar para visitar?

arte

10 anos de Cia Mungunzá até dia 10 de Dezembro no Teatro de Contêiner

outubro 29, 2018

Fonte: Cia Mungunzá de Teatro - Epidemia Prata

     Para quem não sabe, estive em cartaz com o espetáculo "Somente uns Restos de Água em uma Piscina Vazia" no Teatro de Contêiner, um dos espaços que mais me instigam, local em que fui provocada diversas vezes. A questão é: se você está procurando por eventos culturais em São Paulo gratuitos (e/ou com preços acessíveis) você deveria ler esse post inteiro.
     A Companhia de Teatro Mungunzá, responsável pela construção do Teatro de Contêiner, comemora 10 anos de existência. Um grupo de atores que trabalha com diversos diretores convidados, pesquisando o teatro contemporâneo e explorando o despertar de reflexões sobre o social e cultural. Segundo o próprio site do cia:

Nos seus espetáculos o grupo prima pela polifonia e hibridismo das linguagens artísticas, trabalhando a encenação como dramaturgia e o ato performático como atuação. Fomentam o fazer artístico como prática política e social.

     Através de entrevista para o Itau Cultural, contam que o grupo se originou quando os atores estavam recém formados na escola de Teatro Macunaíma e Célia Helena. O grupo normalmente fica durante dois anos em processo para só então estamparem o espetáculo para o público, um processo que demora dois anos (em um mundo de imediatismo como o nosso) é de se imaginar a densidade de seus trabalhos. 

Teatro de Contêiner 

     A Companhia também é responsável pela construção e realização do Teatro de Contêiner.

No segundo semestre de 2016, buscando uma sede para abrigar seus trabalhos e uma relação mais direta com a Cidade, a Cia Mungunzá de Teatro fixou através de uma parceria, mediante um “Termo de Cooperação” junto ao Poder Público Municipal, a concessão do lote localizado na Rua dos Gusmões, número 43, Santa Efigênia, para implementação de inúmeras possibilidades artísticas e educacionais no local. O terreno de aproximadamente 1000m2 ,situado entre a Rua dos Protestantes e a Rua General Couto de Magalhães, região central de São Paulo, está sob o domínio da Prefeitura Regional da Sé

    Com o dinheiro guardado dos trabalhos realizados conseguiram então após pesquisas e muita resistência, construir um Teatro inteiro feito de Contêiner. O espaço era uma área pública da cidade inutilizada, com um grande potencial mas mesmo assim, parado. O teatro é encantador, uma intervenção urbana que conecta o artístico a um dos espaços que o Paulistano se afasta. Além de ser a sede do grupo, é também espaço para diversas manifestações culturais como espetáculos teatrais, shows, cinema e até atividades educacionais. Definitivamente é um dos lugares que considero de extrema importância que conheçam quando estiverem por São Paulo, frisando que não apenas o teatro é um espetáculo mas como os trabalhos apresentados por lá são extremamente necessários para os dias atuais.
   Até hoje a Companhia estreou cinco espetáculos, sendo que só assisti o ultimo estreado este ano no Sesc 24 de Maio. Felizmente em comemoração aos 10 anos de Mungunzá, eles entraram em cartaz com todos os espetáculos de seu reportório, nos dando a oportunidade de assistirmos por fim, todos os espetáculos apresentados pelo grupo durante sua trajetória de Outubro até Dezembro de 2018, são eles:

big hero

Her (Ela) - Filme sobre relações humanas (e virtuais) em um mundo contemporâneo

outubro 25, 2018


     Tinder, Happn, Baddoo, Facebook, Whatsapp e assim continuamos com uma lista enorme de aplicativos e redes sociais criadas para serem as pontes entre os seres humanos, estabelecer uma comunicação que antes de 1877 (sem os telefones) era algo demorado e difícil. Acontece que não apenas para ser um meio de comunicação servem todos esses aplicativos, mas também para sem sairmos de casa conhecermos pessoas para um relacionamento sério, sexo casual, amizades ou qualquer outro tipo de relação que possa imaginar, tudo isso, sem esforço. Mesmo com todo o conforto e facilidade propostos, ainda temos que lidar com um outro ser humano que é imperfeito e tem sua rotina e ideias, tudo isso em contraste com nossas próprias questões pode dificultar esse vínculo, tendo em vista que já somos preguiçosos de iniciar uma conversa pessoalmente com um estranho (mas facilmente iniciamos uma conversa com alguém através do Tinder) imagina a preguiça de ceder em uma relação?! Talvez seja por isso que hoje em dia as relações são tão superficiais e rápidas.
     Mas e se criassem um sistema operacional que se aperfeiçoa a cada minuto em você? Tem uma voz que te agrada, sabe seus gostos, respeita seus limites e até expressa sentimentos? É então que nadamos dentro da trama do filme Her, dirigido por Spike Jonze e lançado em 2014 o filme atemporal nos apresenta Theodore (Joaquin Phoenix) que é um escritor de cartas. Isso mesmo queridxs, as pessoas não sabem como demonstrar afeto e precisam de um terceiro para fazer isso. Se eu iria amar essa profissão? Sim senhor! Mas seria triste pensar em todo o contexto dela. E eu sinceramente não acho isso tão difícil de acontecer, depoimentos prontos, poemas repetidos, sentimentos que escondemos, joguinhos, tudo mantido dentro de nós mesmos, algo que hoje nos machuca mas que com o tempo não será algo natural? Amar e não saber dizer, porque não fomos ensinados a expressar.

dia da eleição

Eleições 2018: dica de site para indecisos.

outubro 21, 2018


    Apesar de já ter me posicionado publicamente sobre o assunto e apesar de ter dado uma pausa no conteúdo do blog, acreditem ou não, minha cabeça continua trabalhando como uma blogueira.
    As eleições em 2018 estão melhores do que qualquer novela da globo ou série da Netflix, cada dia uma bomba e decidir o candidato a presidência do Brasil nesse segundo turno está dificil, parece que estamos em um ringue de luta e todos estão atirando, se defendendo sem de fato sentarmos para conversar. O objetivo do post não é influencia-los a votar em um candidato (mesmo que meu dedo coce muito para fazer isso) e sim ser um espaço para tirar duvidas (sabendo que não sou especialista, podemos nos ajudar nos comentários inclusive) e compartilhar informações que podem ajuda-lo a tomar sua decisão.
      Acontece que estamos prestes a decidir quem comandará o Brasil durante os próximos 4 anos e continuo vendo discussões, fake news espalhadas e zero postagens de propostas nas minhas redes sociais, no meio de toda essa bagunça, uma alma maravilhosa (Raquel linda) compartilhou prints de um site que me emocionou e eu fui obrigada a parar um tempo de minha vida e escrever esse post para apresenta-lo ANTES que decidam em quem irão votar. 

campos do jordão

Viajando para Campos do Jordão com meu amigo

agosto 16, 2018

Campos do Jordão/SP

   Acontece que eu e meu amigo avistamos uma promoção babadeira no facebook, um dia em Campos do Jordão por R$99 e sem nem pesquisar sobre a agência de turismo, já pagamos na hora. Só depois do pagamento que veio o nervoso: E SE NOS SEQUESTRAREM E VENDEREM NOSSOS ÓRGÃOS? E o pior: pagamos por isso.
   No fim, fomos fazer a viagem, fomos ao local de encontro e lá havia um ônibus com pessoas entrando nele. Entramos também, felizmente a viagem era real, fomos e voltamos.
    O post poderia ter mil fotos maravilhosas e informações turísticas maneirissimas sobre Campos do Jordão, mas vai ser mais sobre como eu e o Diogo juntos, só da merda e tentar motiva-los a fazer essas viagens inesperadas porque é divertido demais!

Nº 1 Agendamento

 A viagem estava agendada para dia 08, tudo lindo. Dia 08 estava chegando e nada de ruim tinha acontecido, estávamos ansiosos e chocados que até o momento nada nos impedia de viajar. Certo dia, dando aula, recebo várias ligações,assim que tive a oportunidade verifiquei o celular e percebi que junto com as chamadas, recebi um e-mail e mensagens no whatsapp desesperadas da Agencia. Acontece que o sistema de reserva deu BUG e meu agendamento estava com a data errada em um formulário e não em outro (não entendi muito bem o que houve), acontece que o bus para dia 08 já estava lotado e meu nome não fazia parte desse role. Fiquei chateada, fiquei triste mas eu só sabia rir PORQUE ERA ÓBVIO QUE UM ROLE COM O DIOGO JÁ IA COMEÇAR ERRADO. Conversamos com o pessoal da agência e eles trocaram nós dois para o dia 29 AMÉM.
  Fomos dia 29, tudo deu certo. Entramos no busão e nossa viagem rápida estava dando inicio, nosso único desejo era não perder a hora de voltar. O resto dávamos um jeito.

Popular Posts

Envie sugestões

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagem em destaque

Marcas brasileiras do amor

   Virá e mexe algumas marcas veganas surgem em meus feeds e descubro algo novo através de amigos. Por que não compartilhar com vocês alg...