Instituto Flor Gentil

julho 20, 2016


     Hey Pessoinhas, a quanto tempo não posto algo na categoria Por Mais Sorrisos, hein?! Mas fiquem tranquilos que iremos bombar essa categoria e voltarei a deixa-los atentos a projetos e ações bem legais para vocês participarem e ajudarem o mundo a ser um lugar mais feliz.
     Conheci o Instituto Flor Gentil através de um grupo no facebook, onde indicávamos umas as outras projetos para sermos voluntários, achei a ideia bem legal e resolvi segui-los para quem sabe um dia poder participar das ações voluntárias. Mandei algumas perguntinhas para o Instituto e eles me responderam com bastante amor e pediram nossa ajuda!


     Helena Lunardelli, florista, em 2010 teve a ideia de dar nova vida aos arranjos que ficavam para trás de festas de aniversário, casamentos e outras. Resolveu que iria focar em auxiliar a terceira idade, já que esta tinha uma relação de muito carinho com seus pais. A florista criou o Fundo Gentil, que é uma vertente do projeto onde arranjos sob medida são feitos para serem doados a pessoas de baixa renda que não tem como arcar com a decoração. 
"Já foram doados arranjos para casamentos comunitários, para eventos no Hospital das Clínicas, decoração da capela da Santa Casa e Hospital Universitário da USP, outubro rosa em parceria com o Hospital Municipal e Maternidade Escola Dr. Mario de Moraes A. Silva Vila Nova Cachoeirinha, vários eventos beneficentes da ABEM (Associação Brasileira de Esclerose Múltipla), entre outros."
     Cecília Mara é quem cuida da direção do Instituto desde o inicio do ano (2016), a Helena, cuida do conselho e toda a mão de obra é feita por voluntários que são organizados em grupos:

  • Coordenadores gentis: São os que coordenam os voluntários e fazem toda a triagem das doações e confecções;
  • Recolhedores gentis: São os que recolhem as doações;
  • Entregadores gentis: São os que entregam os arranjos nas casas de repouso.

    Por enquanto, existem 34 casas cadastradas que recebem os arranjos. O Instituto Flor Gentil tem o objetivo de fazer ao menos uma visita em cada casa, mas tudo depende da quantidade de doações.
"Na lista das instituições estão locais mantidos pelo poder público e privados, dos mais simples aos mais sofisticados. Em todos eles percebemos que nossas flores, sorrisos, abraços e presença carinhosa fazem muita diferença."
     E por fim, fiz as três perguntas básicas:

Como doar, como voluntariar (essa palavra existe?) e como receber as doações?

Como doar?

  1. Entregar o material diretamente na sede em horário marcado, preferencialmente aos domingos (8hs-13hs) e segundas-feira (9hs ás 17hs);
  2. Entrega através de uma transportadora que você pode contratar ou solicitar para o Instituto Flor Gentil, pois eles já conhecem uma que já tem todo o jeitão para transportar flores sem prejudica-las. No caso, o doador que paga o frete diretamente a transportadora, e;
  3. Os Recolhedores Gentis podem ir buscar caso você esteja em uma das regiões que os voluntários atendem (Alto de Pinheiros, Alta da Lapa, Butantã, Cerqueira Cesar, Higienópolis, Itaim Bibi, Jardins, Lapa, Moema, Pinheiros, Perdizes, Pompéia, Sumaré, Vila Leopoldina, Vila Madalena e Vila Olímpia). 

"Verifique com o seu decorador se o galpão dele está em um desses bairros e se a retirada é viável nos dias e horários descritos acima.Se for em algum outro bairro ou horário, entre em contato conosco e verifique se podemos atender."

 Como ser voluntário?


   
  Os voluntários trabalham na triagem das flores, preparação das bases, montagem dos arranjos e, se quiser, na entrega dos arranjos as casas de repouso. O horário é livre, sendo assim, o voluntário participa quando puder. Para mais informações sobre o voluntariado basta enviar um e-mail ao Instituto Flor Gentil: voluntariado@florgentil.com.br.


Como receber as doações?

  • Casa de Repouso: Antes, é preciso saber se a casa de repouso está dentro da área de entrega, afinal, a entrega é feita por voluntários e dependem deles para levarem ao local. Até o momento, os locais são: (Vila Leopoldina, Vila Madalena, Lapa, Alto da Lapa, Alto de Pinheiros, Pompéia), na Zona Sul (Vila Mariana, Brooklin, Vila Mascote e Morumbi), na região do Butantã / Raposo Tavares, Freguesia do Ó / Piqueri. Envie um e-mail ao Instituto informando endereço e o nome da Instituição: contato@florgentil.com.br.
  • Fundo Gentil: Mande um e-mail para o Instituto (contato@florgentil.com.br) com as seguintes informações: Data e hora do evento + Número e tamanho dos arranjos necessários + Sua história. Quem sabe o Fundo Gentil não pode te auxiliar a realizar essa festa?

Como ajudar?

    Lembram-se no inicio do post que o Instituto estava precisando da nossa ajuda? Agora vou lhes explicar o porquê e como ajudar. Para todo o espaço, é necessário cuidados e reformas, muitos dos locais que ocorrem trabalhos voluntários, funcionam por anos e anos e chega um momento que dar uma reformulada na casa não é apenas por capricho mas sim necessidade. O Instituto Flor Gentil está precisando passar por reformas e para isso precisa de doações. Você pode doar de R$15 até R$2000 sendo que cada valor, haverá uma gratidão. Para contribuir basta entrar no site da Benfeitoria.
Eu já separei meus R$15 e irei doar ainda essa semana. E você, que tal ajudarmos essa Instituição tão cheia de carinho a continuar distribuindo flores por aí?!

You Might Also Like

0 comentários

Popular Posts

Desafio Setembro

2a Semana

Café da Manhã: Café + Crepioca
Lanche: Uvas
Almoço: Omelete
Lanche: Iogurte
Janta: Omelete
Exercícios: 10min pulando corda (todos os dias)
Cabelo: Reconstrução
Peso: 95kg - 93kg

Postagem em destaque

Marcas brasileiras do amor

   Virá e mexe algumas marcas veganas surgem em meus feeds e descubro algo novo através de amigos. Por que não compartilhar com vocês alg...